A Incrível Máquina Humana

O vídeo “A Incrível Máquina Humana”, produzido pela National Geographic Vídeo, é um excelente material para ser utilizado nas aulas de Ciências Naturais. Pode-se projetar o vídeo todo, ou mesmo utilizar pequenos trechos para ilustrar assuntos relativos aos conhecimentos sobre o funcionamento de sistemas e órgãos do corpo humano.

O filme contém várias informações sobre o corpo humano. O mais interessante do vídeo, no entanto, é que ele mostra aspectos do funcionamento do organismo difíceis de serem imaginados pelos alunos, tais como:

visão ampliada das papilas gustativas e dos poros;
filme em infravermelho mostrando o calor emitido pelo corpo;
visão interna do ouvido (orelha) médio;
cordas vocais em funcionamento, emitindo sons;
visão interna de artérias e veias e do funcionamento do sistema circulatório;
atuação de um glóbulo branco durante a fagocitose de um elemento invasor do corpo;
filmagem em raios-X da mastigação e deglutição;
movimentos do corpo filmados em raios-X, mostrando músculos e articulações.Um dos trechos mais interessantes desse vídeo, e que pode ser utilizado em sala de aula com ótimos resultados, é uma seqüência de quase 10 minutos na qual observamos a formação de um novo ser humano. Essa seqüência é feita com técnicas cinematográficas que permitem uma filmagem microscópica, o que possibilita a visão de óvulos e espermatozóides ao longo do processo de formação de um novo ser humano. Na seqüência podemos ver:
óvulos e o processo de ovulação, no interior do ovário;
formação e migração de espermatozóides;
corrida de espermatozóides e fertilização de um óvulo;
início do desenvolvimento de um novo ser a partir da fecundação;
deslocamento do ovo em direção ao útero;
fixação do ovo na parede do útero;
primeiros instantes do desenvolvimento do embrião.
Essa seqüência pode ser utilizada para iniciar o trabalho com a reprodução humana. As cenas podem ser vistas e revistas várias vezes, para que os alunos consigam fazer uma descrição detalhada da seqüência e, a partir dela, apresentar as questões que eles gostariam de esclarecer.

Essas perguntas, por sua vez, poderiam se tornar um roteiro de estudos para que os alunos, por meio de pesquisas bibliográficas ou mesmo na Internet, respondam-nas, tornando-se autores de um texto-síntese sobre o tema.

Caso não seja possível para os alunos realizar a pesquisa, o professor pode preparar uma seqüência de atividades, nas quais as questões serão respondidas a cada aula.

Essa forma de utilizar o vídeo, montando um roteiro de estudos e, posteriormente, desenvolvendo com os alunos atividades nas quais as questões presentes vão sendo respondidas, tem uma vantagem didática importante, pois ela ensina, além dos conteúdos próprios de Ciências Naturais, formas possíveis de se organizar para realizar estudos. Ou seja, é um trabalho que trata de um aspecto muito comentado, embora pouco discutido no cotidiano escolar: o aprender a aprender.

Trends Tops - Agregador de Conteudos

Perfil do Autor

Chefe de Redação
Chefe de RedaçãoAnalista de Sistemas
Nome Domingos, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, amante da tecnologia e trabalha com desenvolvimento de sites/blogs em wordpress
Cidade: Rio de Janeiro

Chefe de Redação

Nome Domingos, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, amante da tecnologia e trabalha com desenvolvimento de sites/blogs em wordpress Cidade: Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =